Cavalgada: fonte de saúde e prazer

0
872

A prática fortalece o tônus muscular e tem baixo impacto nas articulações, privilegiando a postura e a coordenação. Além, é claro, de todas as benesses psicológicas

Você sabia que a cavalgada é uma das atividades físicas que apresenta mais benefícios à saúde? Pode acreditar! A prática fortalece o tônus muscular e tem baixo impacto nas articulações, privilegiando a postura e a coordenação. Além, é claro, de todas as benesses psicológicas, oriundas da troca de energia com este ser fabuloso, o cavalo. Há melhora na circulação sanguínea, na respiração e no alívio ao estresse do dia a dia.

Vários processos neuro-hormonais acontecem conosco antes, durante e depois da cavalgada. A hipófise libera endorfina, substância que nos leva às sensações de euforia, alegria, conforto, relaxamento e prazer. Eliminam-se os superóxidos, provenientes da oxidação das células, proporcionando-nos, assim, o efeito antienvelhecimento, melhorando a memória, o humor, a resistência e o sistema imunológico. E pra quem quer ficar bem na foto: uma hora de cavalgada queima cerca de 400 calorias.

Quando cavalgamos, estimulamos o sistema nervoso e reforçamos as noções de equilíbrio, distância e lateralidade. É cientificamente comprovado que a cavalgada auxilia no tratamento de diversos problemas de saúde, tais quais, ansiedade, depressão, síndrome do pânico, fobias e traumas.

E, você, já participou de cavalgada? É prazeroso. As pessoas que curtem a atividade cuidam umas das outras. Fazem paradas estratégicas para alimentação e hidratação; tiram belas fotos da paisagem, e durante o percurso a garantia é de boa conversa e muita risada.

Cuidados necessários
Antes de cavalgar, certifique-se de que o seu cavalo está em boa condição física. Garanta a ele alimentação adequada e fique atento às condições de cascos e ferraduras para prevenir lesões. A maior preocupação é com o bem-estar animal. Se notar que o equino está cansado, pare, ofereça-lhe água, e deixe que ele paste um pouquinho, a fim de relaxar.

Saiba que os cavalos se sentem mais confortáveis no Inverno do que em estações de temperaturas elevadas. Eles lidam bem com o frio, quando tendem a ficar mais agrupados para concentrar o calor. Seus pelos crescem e engrossam porque funcionam como uma proteção, uma espécie de cobertura ou capa natural.

Passando a mão na parte interna dos pelos do cavalo, você sente a oleosidade que recobre a pele e os fios. É essa cobertura que o ajuda a repelir a chuva. Os equinos mais fragilizados, como potros, idosos e doentes, são suscetíveis aos problemas causados pelo frio. Por isso, devem ser vigiados e observados com maior atenção.

Os banhos não devem ocorrer nos horários do dia em que as temperaturas caem, porque a combinação de umidade e frio prejudica a saúde do cavalo. As forrações das cocheiras devem ser trocadas com frequência, sendo mantidas limpas e secas.

Como saber se o cavalo está com frio? Através do toque em suas orelhas. Se as mesmas estiverem geladas, ele precisa ser aquecido. Há inúmeras capas protetoras no mercado. À noite elas caem bem à tropa. Em temperaturas baixas, o cavalo passa quase o dia todo comendo, porque é do alimento que ele tira energia para se aquecer. Em compensação, bebe menos água, o que aumenta o risco de cólicas. Por isso, devemos redobrar a atenção com a alimentação nesta época do ano. O volume farto de verde é fundamental. Invista nos pastos e dê preferência às rações e aos suplementos vitamínicos de alta qualidade.

Consulte um médico veterinário para tirar todas as suas dúvidas em relação às adaptações e às mudanças de manejo, alimentação e treinamento durante as diferentes estações do ano. Não se esqueça: genética, treinamento e nutrição, sem o acompanhamento de profissionais capacitados e dedicados, não garantem a boa saúde de seus animais, nem bons resultados nas atividades esportivas.

Diversão garantida
As cavalgadas nos colocam em contato com a natureza e em conexão exclusiva com o cavalo. Através de diferentes sons, aromas, luzes, texturas, paisagens, movimentos, temperaturas, relevos e velocidade, experimentamos sensações particulares de superação, autoconfiança, plenitude e liberdade.

Com tantos benefícios, você não deixará de curtir um bom passeio a cavalo. Então, escolha o seu parceiro equino, convide amigos e familiares, acerte o passo e boa cavalgada!

Norberto Cândido
A cantora Paula Fernandes é adepta das cavalgadas - sensações de superação, autoconfiança, plenitude e liberdade
A cantora Paula Fernandes é adepta das cavalgadas – sensações de superação, autoconfiança, plenitude e liberdade
Flávia Raucci Facchini é Diretora de Marketing do Haras Três Rios, criatório de cavalos da raça Mangalarga, localizado em Itatiba/SP, com cerca de 50 anos de tradição.
Compartilhar

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA