Comunicação eficaz

0
728

Expansão da fronteira do bem servir, desempenho confiável e satisfação das necessidades individuais. Veja se a sua empresa está fazendo o dever de casa

Para que a empresa se comunique bem com o mercado consumidor, especialmente com o seu público-alvo, o Planejamento de Marketing da companhia precisa mostrar sinais e criar pistas tangíveis para que as pessoas possam avaliá-la (atendimento, aparência física, qualidade do produto e/ou serviço, eficiência, preço, reputação, respeito para com os colaboradores, cuidados em relação ao meio ambiente, ações em benefício da sociedade).

Disciplinas de Valor
Para o sucesso nos negócios, a empresa deve buscar diferenciação, visando a ser:
LÍDER EM SERVIÇO – expansão da fronteira do bem servir.
EXCELENTE NA OPERACIONALIDADE – desempenho confiável.
PARCEIRA DO CLIENTE – satisfazer as necessidades individuais.

Quantas diferenças promover?
– BENEFÍCIO CENTRAL: proposição exclusiva de Vendas: o melhor!
– Posicionamento de duplo benefício: quando duas ou mais empresas alegam ser as melhores no mesmo atributo.
– Posicionamento de triplo benefício: pouca chance de ser bem sucedida, tendo que superar o desafio da credibilidade (*exceção criativa: creme dental Aquafresh, que oferece três benefícios – proteção anticáries, hálito mais fresco e dentes mais brancos. O creme dental sai do tubo em três cores, confirmando visualmente tais benefícios).

Quantas ideias promover no Posicionamento?
Al Ries e Jack Trout, dois dos principais nomes do Marketing mundial, defendem o uso de uma única mensagem de Posicionamento consistente, uma vez que cada marca é vista como a “Nº 1” em um determinado atributo: melhor qualidade, melhor serviço, preços mais baixos, tecnologia mais avançada – será lembrada por um ponto forte específico.

Diferenciação
A tarefa do POSICIONAMENTO é transmitir ao mercado uma ideia central sobre a empresa. Ele simplifica o que pensamos sobre ela. Já a DIFERENCIAÇÃO é o conjunto de diferenças significativas para distinguir a oferta da companhia das ofertas da concorrência.

Há casos em que é preciso promover o REPOSICIONAMENTO, mudando a posição que a empresa ocupa na mente do cliente em relação aos concorrentes. Envolve a adição de novos serviços, o abandono de certas ofertas e até o afastamento total a certos mercados.

Diferenças fortes
IMPORTÂNCIA – benefício valorizado a um número de compradores.
DESTAQUE – oferecida de maneira chamativa.
SUPERIORIDADE – elevado a outras maneiras de obter o benefício.
EXCLUSIVIDADE – não pode ser copiada com facilidade.
ACESSIBILIDADE – o comprador pode pagar pela diferença.
LUCRATIVIDADE – a empresa considera lucrativo introduzir a diferença.
IDENTIDADE – como a empresa posiciona a si mesma, seus produtos e serviços.
IMAGEM – a maneira como o público vê a empresa, seus produtos e serviços.

Fonte:
A Bíblia do Marketing, Kotler, Philip; Keller, Kevin Lane (Ed. Pearson Education Brasil, 2007).

Jornalista e leiloeiro rural. Especializado em Agronegócio, com pós-graduação em Marketing e Comunicação Publicitária.
Compartilhar

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA